ETIAS Visa for Europe É preciso visto para viajar pela Europa por menos de 90 dias?

Ao utilizar nossa página web você aceita a nossa política de cookies. Clique aqui para mais informação. Eu aceito

É preciso visto para viajar pela Europa por menos de 90 dias?

Mapa da Europa

visto turista para viajar para a europa por menos 90 dias

O encanto do velho continente faz dele um dos destinos preferidos dos brasileiros. Recentemente, a comissão Europeia anunciou a criação e implementação de um novo visto a fim de reduzir os procedimentos e os períodos de espera, bem como para resolver os problemas de segurança: o ETIAS.

O Sistema Eletrônico para Autorização de Viagem (ETIAS na sigla em inglês) está em fase de implementação e tem como objetivo proteger as fronteiras internas da zona Schengen é um sistema totalmente eletrônico que autoriza e monitoriza visitantes de países que atualmente não precisam de visto para entrar no espaço Schengen. Os procedimentos legais para a implementação do ETIAS começaram em 2016 e terminarão em 2021.

A partir de 2021 todos os brasileiros que queiram viajar para a Europa por menos de 90 dias terão que solicitar o visto ETIAS.

Como funciona o visto turista para a Europa por menos de 90 dias

Os cidadãos brasileiros estão autorizados a viajar para os países do Espaço Schengen por motivos de trabalho ou viagem, por um período máximo de 90 dias. Durante esses 90 dias, não poderão trabalhar, mas podem realizar atividades turísticas e de negócios, desde que estas não sejam remuneradas.

O ETIAS é um visto eletrônico que terá que ser solicitado on-line. Todos os cidadãos brasileiros que queiram viajar até à Europa terão que se cadastrar no sistema ETIAS e preencher um formulário com os seus dados pessoais assim como do seu passaporte, para poder solicitar a autorização de viagem. Também terão que responder a um pequeno questionário sobre questões de segurança e saúde

O visto turista ETIAS permite a entrada a todos os 26 países que formam parte do acordo de Schengen. Uma vez o seu visto de turista seja aprovado, poderá circular livremente por estes países sem necessidade de mostrar o seu passaporte.

O sistema ETIAS, além de ser usado para fins de turismo e negócios, também permitirá que as pessoas visitem qualquer um dos países que formam o Espaço Schengen, por motivos médicos e de trânsito.

Vantagens do visto turista ETIAS

A principal razão para a criação da autorização de viagem ETIAS é a segurança. Com o aumento dos riscos para os viajantes de todo o mundo, a UE quer garantir viagens tranquilas em seus países. O ETIAS reduzirá substancialmente os problemas de segurança por meio de seus sistemas de coleta de dados e informações. Isto significa que o ETIAS irá detectar se uma pessoa representa um risco de qualquer tipo para a segurança dos países Schengen. Isto implicará a negação do acesso à pessoa e evitará um risco presente dentro das fronteiras da UE.

O visto de turista ETIAS vai trazer muitos benefícios tanto para a União Europeia, como para os seus visitantes. Além de tornar as viagens mais seguras, a autorização de viagem do ETIAS também vai contribuir das seguintes formas:

  •    Vai reduzir os procedimentos e os períodos de espera
  •    Melhorar a gestão das fronteiras dos países da UE
  •    Ajuda na detecção e redução de crimes e terrorismo
  •    Impedir a migração irregular
  •    Complementará a política de liberalização de vistos da UE

Em resumo, a autorização de viagem do ETIAS fará com que a experiência de viagem dentro da UE ocorra sem complicações e da forma mais segura possível.

Como prolongar a sua estadia na Europa

Uma vez aprovado, o ETIAS será válido por um período de 3 anos e permitirá que o seu portador permaneça dentro do Espaço Schengen durante 90 dias.

Uma vez transcurridos esses 90 dias terá que esperar outros 90 para poder voltar a entrar no Espaço Schengen. Ou seja, poderá permanecer dentro da zona Schengen durante 90 dias por cada 180 dias.

Para prolongar a sua estadia na Europa poderá intercalar a sua viagem entre um dos 26 países do Espaço Schengen, com outros países europeus que não façam parte deste acordo, como por exemplo a Grã Bretanha e a Irlanda.

Contudo, se quiser ficar num país específico poderá pedir uma extensão do seu visto de turista ETIAS. Cada país tem requerimentos diferentes, portanto, uma vez tenha decidido onde quer ficar terá que contactar com a embaixada e as autoridades para realizar todos os passos necessários para obter um visto de longa duração.