Bandeira:

Capital: Cidade do Vaticano

Língua:Italiano e Latim

Área: 0.44 km²

População: 1000

Fuso horário: UTC/GTM

Moeda: EURO (EUR)

Código telefone: +379

Tipo de tomada (plugue): 230 V AC, 50Hz. Tipo de plugue F ou Schuko. Esse tipo de plugue também funciona com o Tipo C (europlug) e tipo E. Plugue Tipo L: plugue típico italiano com três pinos paralelos e de igual tamanho.

A arquitetura também merece destaque, já que conta com construções dignas de várias horas de observação. Por ficar dentro de Roma, é ideal para um roteiro combinado, passando por outras cidades da Itália, ou mesmo outros países que compõem a Europa.

Para visitar o Vaticano é bom que você esteja preparado para fazer longas caminhadas e tenha consigo, além do passaporte, a permissão de viagem ETIAS, um sistema de controle migratório eletrônico recém lançado pela União Europeia. Com essa autorização, o turista pode ficar até 90 dias em território do Vaticano ou de outros países europeus. E com tantas atrações incríveis, 90 dias vão passar voando!

Como visitar legalmente o Vaticano com autorização ETIAS

Não é necessário emitir um visto especifico para quem quer visitar o Vaticano. O visto de turista, com duração de 90 dias, já será suficiente para passar um bom período no país. Esse visto é feito na chegada à Itália, seja no aeroporto de Roma (o mais próximo do Vaticano) ou de outras cidades europeias. Porém, é necessário contar com o ETIAS para viajar para o Vaticano.

Com obrigatoriedade a partir de 2021, a ideia do ETIAS é proporcionar maior conhecimento para as autoridades de fronteira sobre quem entra e quem sai de cada país. Para o visitante, pouco muda, além da necessidade de fazer o ETIAS para brasileiros antes mesmo de sair daqui.

A boa notícia é que, por ser um sistema eletrônico, não é difícil fazer seu ETIAS. Não precisa ir em um consulado, viajar para outras cidades ou qualquer outro tipo de processo: para fazer o ETIAS para viajar para o Vaticano é só preencher um formulário virtual de solicitação, pagar uma taxa em Euros e aguardar a emissão, que chega no e-mail do solicitante.

Embora o ETIAS para brasileiros seja obrigatório somente a partir de 2021, a recomendação é que se faça antes, uma vez que sua validade é de três anos. O prazo foi dado para que as pessoas se adaptem com certa antecedência à essa regra, mas deixar para solicitar seu ETIAS no último momento pode não ser uma boa ideia, já que a tendência é que centenas de pessoas façam o mesmo, sobrecarregando as liberações.

O Espaço Schengen também beneficia quem tem uma autorização ETIAS. Trata-se de um conglomerado de 26 países da Europa que optaram por livre comércio e circulação de pessoas entre suas fronteiras. Para os cidadãos dessas nações, por exemplo, não será mais necessário apresentar o passaporte em viagens entre um dos países e outro.

Já para os brasileiros, com o ETIAS a fiscalização vai ter mais controle dos passos dados dentro dos países, não sendo necessária a apresentação do passaporte em todas as fronteiras (somente quando solicitado pelo fiscal), o que promete deixar o processo bem mais rápido. Entre os países membros do Espaço Schengen podemos citar Itália, Espanha, Alemanha e Letônia.

Então, na hora de preparar sua viagem pela Europa e pelo Vaticano, não deixe de fazer uma pesquisa completa para montar o roteiro ideal, e claro, emitir o ETIAS para brasileiros. Assim, ao chegar no Velho Continente, você estará livre de preocupações com as autoridades de fronteira de cada nação e poderá aproveitar ao máximo a experiência.

Documentos pessoais para aplicar para um ETIAS e viajar para o Vaticano

Com todo o processo sendo realizado de forma online, uma dica para ter mais agilidade é manter por perto seus documentos pessoais. Após preencher o formulário e pagar a taxa em Euros, é necessário aguardar pela resposta da solicitação por e-mail.

Essas são as informações pessoais necessárias para preencher o formulário ETIAS:

  • Nome completo
  • Local e data de nascimento
  • Sexo
  • Endereço
  • Número de telefone e e-mail
  • Nível acadêmico ou informação do emprego atual
  • Informação do passaporte ou de um outro documento de viagem válido
  • País de chegada
  • Responder ao questionário de elegibilidade ETIAS

Para viajar para o Vaticano, é necessário que os brasileiros

Em uma viagem para o Vaticano, os brasileiros precisam:

  • Passaporte com validade de pelo menos seis meses posteriores à data de entrada na Itália
  • Disponibilidade de recursos financeiros durante a prevista permanência, de cerca de 45 Euros por dia
  • Reserva de hotel onde ficará hospedado ou carta-convite assinada por cidadão italiano ou estrangeiro legalmente residente
  • Bilhete aéreo de retorno para o Brasil com data marcada
  • Autorização de viagem ETIAS
  • Certificado internacional de vacina para Febre Amarela

Alguns desses itens são obrigatórios, enquanto outros são solicitados somente em alguns casos. O ideal é que o turista vá preparado com tudo o que está na lista, além de checar se há algum novo documento necessário no Portal Consultar Brasileiro.

Embaixada do Brasil no Vaticano

Endereço: Via della Conciliazione, 22 – 3 Piano 00193, Roma
Telefone fixo: (0039)06-687-5252
E-mail: brasemb.vaticano@itamaraty.gov.br