Bandeira:

Capital: Atenas

Língua:Grego

Área: 131990 km²

População:

Fuso horário: UTC/GTM 2

Moeda: EURO (EUR)

Código telefone: +30

Tipo de tomada (plugue): 230 V AC, 50Hz. Tomada tipo F ou Schuko. Esse tipo de plugue também funciona com o Tipo C (europlug) e tipo E.

A Grécia está estrategicamente localizada entre o sul da Europa, a Ásia, o Oriente Médio e a África. Faz fronteira com a Albânia, a República da Macedônia, Bulgária e Turquia. É constituída por 1400 ilhas, cujas mais conhecidas lideram sempre os tops de destinos na Europa, como Mykonos e Santorini.

Todos os brasileiros que queiram viajar para a Grécia têm que ter uma autorização de viagem ETIAS. O visto ETIAS autoriza o seu titular a viajar pela Grécia e todas as suas ilhas assim como, pelo resto do Espaço Schengen por um prazo máximo de 90 dias. Após esse prazo e se seu desejo é permanecer na Grécia, terá que pedir a extensão de visto ou um visto de residência pertinente.

Como viver legalmente na Grécia com o visto ETIAS

A sua história, clima mediterrâneo, educação, gastronomia, segurança, são alguns dos fatores que atraem os brasileiros a querer viver e visitar a Grécia.

O visto ETIAS permite permanecer de forma legal durante 90 dias no Espaço Schengen. Apesar de não poder trabalhar ou viver com este visto, pode aproveitar para fazer um curso intensivo de línguas e, de começar a tratar dos papéis de residência no país onde queira viver. Após os 90 dias permitidos para ficar legalmente como turista do visto ETIAS, você deve solicitar a autorização de residência. Contudo, se tiver dupla cidadania de outro país da Europa ou descendência grega, não terá de pedir estautorização e poderá permanecer legalmente na Grécia. A autorização de residência deve ser solicitada uma vez tenham transcorrido os 90 dias do visto ETIAS e no caso de você querer ficar a viver na Grécia.

vários tipos de visto para ficar de maneira legal na Grécia, por exemplo para estudar ou para trabalhar, para empreender, e até o visto de parceiro/cônjuge. É por isso que é imprescindível definir primeiro qual o seu objetivo, e em seguida ver qual o visto que mais se adequa à sua situação.